O desenvolvimento profissional em diferentes etapas de carreira / El desarrollo profesional en diferentes etapas de carrera

Priscila de Jesus Viana e Luciana Mourão

O mercado de trabalho atual vem ampliando as demandas por qualificação e os profissionais têm investido mais em suas carreiras. Dessa forma, o desenvolvimento profissional tem recebido maior atenção das pessoas e da sociedade. Tal desenvolvimento pode ser entendido como um percurso que ocorre ao longo da vida das pessoas, a partir de experiências no trabalho e de um processo reflexivo advindo dessas experiências. Portanto, o desenvolvimento profissional refere-se à aquisição e transformação contínua de conhecimentos, habilidades e atitudes que permitem aos trabalhadores progredirem em suas carreiras. A literatura da área de Psicologia do Trabalho e das Organizações aponta que tanto variáveis individuais quanto variáveis contextuais podem contribuir para o desenvolvimento profissional das pessoas.

Este estudo que publicamos na Revista Quaderns teve como objetivo compreender e discutir os elementos individuais e contextuais que impulsionam os diferentes estágios de carreira de pessoas que se percebem com alto grau de desenvolvimento profissional.  Embora seja claro que a carreira tem a sua origem no indivíduo, ela também se relaciona com as demandas do ambiente e com as estratégias das organizações.

A amostra do estudo compreendeu pessoas em início, meio e fim de carreira e os resultados apontam que existem diferenças e similitudes nesses três momentos da trajetória profissional. Os resultados advindos da pesquisa quantitativa mostram que os trabalhadores tendem a perceber maior desenvolvimento profissional à medida em que a sua carreira avança. E as entrevistas realizadas apontam que os discursos sobre as trajetórias laborais também se modificam de acordo com o estágio da carreira em que a pessoa se encontra.

Mas independentemente da fase da carreira, há um conjunto de variáveis pessoais e contextuais que impactam no desenvolvimento profissional das pessoas. Os depoimentos trazem fatos, situações, expectativas, instituições e pessoas que, de alguma forma, tiveram relevante influência na trajetória profissional dos entrevistados, configurando eixos comuns a todas as fases de carreira. Apesar desses eixos comuns, a ligação entre eles nas três fases pesquisadas ocorre de forma distinta.

No início da carreira, há uma preocupação com a inserção profissional, com a formação recebida e com conseguir uma posição no mundo do trabalho. No meio da carreira, o ritmo é acelerado. Muitos são os elementos que ligam as pessoas às organizações de trabalho, e elas assumem novas posições, estão atentas às oportunidades de crescimento e se dedicam bastante às suas trajetórias profissionais. Na fase final de carreira, em paralelo a um discurso que denota uma maturidade profissional, há um questionamento sobre o momento correto para o desligamento da vida profissional.

Os resultados encontrados podem subsidiar políticas e práticas de gestão de pessoas e de aconselhamento de carreira. Esperamos que a leitura desse artigo possa ser útil para os profissionais e pesquisadores que se interessam pela área e que ele suscite reflexões inspiradoras para novas pesquisas.

 

VIANA, Priscila de Jesus; MOURÃO, Luciana. Percepciones sobre el desarrollo profesional de trabajadores brasileños en diferentes etapas de la carrera. Quaderns de Psicologia, [S.l.], v. 21, n. 2, p. e1504, ago. 2019. ISSN 2014-4520. Disponible en: <https://www.quadernsdepsicologia.cat/article/view/v21-n2-viana-mourao>. doi:https://doi.org/10.5565/rev/qpsicologia.1504.

Esta entrada ha sido publicada en Contenidos y etiquetada como , , , . Guarda el enlace permanente.

1 respuesta a O desenvolvimento profissional em diferentes etapas de carreira / El desarrollo profesional en diferentes etapas de carrera

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.